19/11/17

Eu tenho que sentir que "o homem" em questão é desejado por muitas mulheres para me dar tesão.

18/11/17

Houve alguém que me viu na rua no dia de aniversário do meu casamento, me procurou e me adicionou no facebook. Entrou na minha vida sem mais nem menos, e desde aí não consegui mais ter sossego.
Tudo à minha volta perdeu o interesse.

17/11/17

Tentei sempre afastar o meu pensamento, tentei sempre pensar que era uma "menina", mas agora bateu uma saudade. Que faço?

16/11/17

Exatamente as mesmas condições, mas uma pessoa diferente.
Não me desperta aquela pica.
Como é a mente humana...

Não me apetece ir ter com ele.

14/11/17

Agora olho para trás e consigo ver tanta coisa que naquele momento não consegui ver. Consigo ver as coisa de uma forma tão diferente.
Não consegui ver a oportunidade que tive. 
Eu própria a desperdicei. E agora, o que me resta?

Este careca bem gostava...

13/11/17

Será que o nosso destino já se encontra traçado?

12/11/17

Há coisas que são meras ilusões nossas, há coisas que construimos na nossa mente tal como nós temos necessidade que elas sejam.

10/11/17

Quero o teu abraço, os teus beijos, o teu carinho e muita foda, daquela porca em que só nós dois sabemos, com muito tesão, com muitos orgasmos.
E esquecer tudo o resto.

Vontade de eliminar a "menina", não fosse tudo que eu já sei...

09/11/17

08/11/17

Tem saudades. Quer-me ver. E eu apetecia-me tanto ver o outro.

06/11/17

Existe na minha vida um homem com "tomates", mesmo.
Então é assim, ele sabe tudo de mim. Sabe quando ando a meter conversa com outro, mando-lhe a foto do outro para ele ver como é giro, conto-lhe que fode mesmo mesmo bem. Estou em plena foda com ele e conto-lhe o que o outro fazia, e ele sabe que isso me deixa louca de tesão. Tem ciúmes e teve medo de me perder, senti-o. Entretanto conheço outro e conto-lhe. Mas nunca se afasta de mim.  Ele sabe as regras do jogo.
Aperfeiço-a de tal forma o conhecimento pelo meu gosto pelo sexo, ele sabe perfeitamente o que me excita, que me faz vir logo.
Custou-me muito a entender como ele funciona (como ele diz).
Conto-lhe os problemas do meu casamento.
Mas nunca fala muito abertamente sobre o que ele sente, sobre o casamento dele, apenas diz que tem uma vida normal.
Sinto que este homem me ama. Mas também sei, acho que sim, que não mudava a vida dele por mim.

05/11/17

Será que toda a gente tem alguém que lhe ficou "atravessado" na garganta?

04/11/17

Hoje vi um padre tão gato... é pecado, mas fodia-o.

Não consigo acalmar esta sensação que me sufoca. E estando em casa ainda fico pior.
No fundo sei qual vai ser a solução para isto tudo, continuar a empurrar isto.
Mas isto é tipo um circulo, ele não me completa com a forma de ser dele, coma falta de atitude, com aquela forma de ser reservada. Logo eu não lhe consigo ser fiel, e cada vez mais me sinto carente, e viver só assim sem aventuras, sem ninguém para mim é como quase deixar de viver. Então ando sempre em busca de outra pessoa, afasto-me dele, sou fria, e penso sempre na possibilidade de ser essa pessoa a minha tábua de salvação.
Logo não o faço feliz. E o médico depois diz-me "ele é uma pessoa triste", "as doenças dele têm muito a ver com algo emocional que não está bem com ele, agora o quê é que eu não sei" ( pois mas sei bem eu).
Às vezes penso em ter uma conversa com ele, contar-lhe o que o médico disse, mas sei que não pode ser assim. Talvez o eu já lhe ter contado coisas a mais é que agravou isto. E sei que é a personalidade dele, ele não muda.
Como continuo eu a viver, com este peso dentro de mim? Com esta tristeza? Com este sentimento de incapacidade?
Tentando encontrar um equilíbrio nisto tudo. Tentando olhar sempre para as coisas boas que ele tem. Tentando não me afastar dele, dando carinho, procurando melhorar o sexo. E as aventuras quando tiverem que acontecer que aconteçam. Mas ter mais cuidado. Nem tudo aqui é mau.
É esta a solução (talvez a maisfácil, eu sei) que agora encontro.

03/11/17

Quando escrevo muito aqui é sinal que não ando muito bem.
Hoje estive a conversar com aquele, o que já tem "raízes". Perguntou-me com quem desabafo, se tenho uma amiga, disse-lhe que tenho amigos virtuais. Acho que esperava que só o tivesse a ele.

Preciso voltar ao meu estado normal.

02/11/17

Aquele outro, tenho vontade de o eliminar...
Se não tem tomates para mim (que não tem mesmo) para que continua como meu amigo?

Cinco dias que passei sem falar contigo... e parece que tanta coisa mudou.

Continua esta tristeza... mas a esperança está cá.

01/11/17

Eu gosto que o meu blogue sirva para isto. É esta a intenção de eu ter um blogue. Desabafar. Ser eu sem qualquer proteção.
Estive a beber.
Estou otimista.

Pode ser que este sentimento melhor, estou naquela fase do mês, acredito que vá melhorar e eu vou ver as coisas de forma diferente.
Mas neste momento sinto raiva, mesmo raiva da vida, raiva de exigir tanto de mim.
Tem sido sempre assim e cada vez pior. E eu sinto-me farta, sinto que, dificílmente, eu sozinha vou conseguir "mover o mundo".
Eu não sei que faça da minha vida...
Eu já sofri tanto com isto tudo, eu já bebi tantas vezes para fugir disto, e eu não consigo fazer feliz eu continuo a magoar...
Vou me embora?
Mas eu nunca me vou conseguir desligar dele, nunca mais. E eu vou conseguir ve-lo ficar pior? E eu vou conseguir não cuidar dele, deixa-lo...
Isto é apenas tpm, vai melhorar. Mas hoje apenas me apetece beber para esquecer esta vida. Ou dizer-lhe tudo isto. Porquê a pessoa mais complicada, mais fechada, mais difícil, mais dependente de mim? Porque não me deixa viver, não me deixa ser livre?
Mas eu sei ele não tem culpa, e eu vou ter, que mais uma vez fingir... só mais uma vez...

31/10/17

Ouvir ou ter a confirmação daquilo que eu no fundo já sabia.
Nem sei se acredito no destino, mas é colocar em mim um peso muito grande. É exigir de mim algo que gostava tanto conseguir dar, mas eu acho que não consigo dar. 
Hoje eu vi as coisas de outra forma. Eu alimento esta dor.
Será que seria melhor eu colocar um ponto final e saber que acabou, que dali já não se espera mais nada?
Ou continuar aqui, alimentar, criar esperanças que um dia eu vou ser como ele quer, rejeitar, ser fria, distante e imaginar tantas outras coisas?

30/10/17

Sem ginásio e sem a tua companhia...
E saber que tu estás aí.

Sou casada.
Tenho outra pessoa já há alguns anos.
Vou conhecendo e estando com outros homens.
Falo com não sei quantos.
Gostava de conhecer outros tantos.
Serei eu assim ou serei fruto do que me rodeia?
E agora com este último, tenho que saber ser uma senhora, que o casamento tem alguns problemas, que gosta de sexo e que apenas só esteve com outro homem fora do casamento, e eu adoro ser esta senhora para ele. Porque a verdade é que eu sou essa senhora, mas existe outra mulher dentro de mim.

29/10/17

Apesar de tudo, quanto não dava para poder voltar a dar umas boas fodas com aquele, o outro giro que se farta. Ainda hoje a cocei a pensar nele.
Não valho nada...

Às vezes já não sei nada de mim, será que não sei?
Estar assim não é bom, mas já não consigo não estar assim.
Afinal de quem realmente gosto, se é que gosto de alguém...
E o outro deve andar a sentir-me tão distante, e já sabe como eu sou, que a um domingo à tarde, envia-me pontos de interrogação. Posso estar enganada, mas o casamento dele deve andar parecido com o meu.
Será que perante esta pessoa que encontrei alguma vez mais irei voltar para ele?
São quase o oposto um do outro, este é uma pessoa, para mim, quase transparente, não entendo porquê. Conversamos sobre tudo, abrimo-nos um com o outro.
Com o outro, não, às vezes eu acho que ele gosta mesmo de mim, para andar sempre atrás de mim.
Mas na minha memória está alguém que uma vez me disse que a vida dele ia dar uma volta, porque poderia ganhar as eleições e eu, o que era eu, perante isso?
Por isso agora deixa-me viver este homem lindo que conheci.

28/10/17

Aquele homem é um gato... mais charmoso.

Esqueci-me de uma coisa, é obvio que o homem ser ingénuo e dizer que não se quer envolver, ainda me dá mais vontade de o picar, de o deixar louquinho de tesão.

As mulheres que lêm espro que me compreendam, mas ainda não encontrei homem, excepto um, que soubesse dedilhar o grelo. Uns saõ brutos demais, outros pensam que aquilo é um botão, outros não tem jeitinho nenhum.
Um grelinho tem que ser tratado com carinho e ir metendo o dedo na coma, mas com suavidade, só quando passado algum tempo que a mulher já está bem mais excitada, é que convem que seja mais rápido.
Agora vamos a mim que é para que este blog serve. Vendo bem a coisa já não achei o homem tão bonito, é charmoso, muito, e é obvio de que tem pedalada. Que parecia um vulcão (pois coitado só fode com a mulher, sabe lá o que foder), mas mal se aguentou, mal me meteu o pau teve que o tirar e veio-se logo. Bolas! Soube tão bem e fiquei logo a chupar no dedo. Pensei bem vou aproveitar para o miminho, que ele é super carinhoso, mas não. Veio para ao pé de mim e lá achou que tinha que me satisfazer, começou a mexer-me no grelo, mas não tinha grande jeito (para não variar) fazia daquilo um botão. Tem vezes que só me apetece que parem, este foi ocaso, tive que simular que me vim, coitado ficou todo satisfeito, é muito inocente. Quando dou conta já estava outra vez de pau feito, gostei. Comecei a chupa-lo e ele fartava de gemer de prazer, sabia tão bem, só foi pena que não se depila (detesto), se não tinha o chupado bem melhor. Veio-se todinho na minha boca, engoli tudo, ficou limpinho.
Conclusão da história tem tanto, tanto, mas tanto a aprender. Ele é estranho. Teve uma infância complicada, a mãe faleceu e pai passado seis meses casasse coma maior amiga da mãe. Pelo que conta traiu a mulher há sete anos ela descobriu, mas perdoou-o.
Tudo isto fazem dele uma pessoa cheia de medos, de problemas...
Eu há dez anos atrá era um bocado assim. Ou seja falta-lhe maturidade. Falta-lhe experiência.
No sexo, não sei... Ou aprende e ele tem ali conteúdo, ou provavelmente não vai deixar.
Uma coisa é certa, sexualmente, para mim, uma predaora sexual, ele é muito pouco.
O único homem que estava à minha altura foi aquele bonito que só provei uma vez, mas em contrapartida é frio e tem um feito insuportável, mas podia ser só para me foder. Maldita hora que o eliminei do facebook.
O que interessa estou bem disposta. Deixa andar...

27/10/17

Um boneco tão giro, um homem tão charmoso, tão transparente, tão meigo, com aquele tesão todo, aquela energia, aquele sentido de humor, tão apaichonante, tão intensivo...
E ao mesmo tempo tão complicado, tão cheio de medos, tão inconstante, que jamais imaginei conhecer um homem assim.
Mas a primeira parte supera a segunda.

25/10/17

Estou a gostar tanto de conhecer este homem. É radical demais, e isso assusta-me, mas adoro a simplicidade com que conta as coisas, com que me diz que se sente inseguro a todos os níveis, e assim me faz entender os comportamentos dele.
A forma simples como conversa comigo e mostra como ele é. Como é correto comigo e quando não é pede desculpa ou de forma indireta explica o porquê.
Tirando que é um boneco...

23/10/17

Tenho a estranha sensação que me devia afastar...
Tenho e preciso de aprender a lidar melhor com estas coisas.

Estou com um mau humor...
Aquele "banana" anda ali só a tentar chamar a minha atenção e não tem tomates para nada... Será que um "banana" assim me dará tesão?

21/10/17

O que é complicado, o mundo ou eu, ou as duas coisas?

20/10/17

Só nós os dois entendemoso que é andar aflito para foder, apenas nós os dois, o resto são amostras.

19/10/17

Lá vai o outro pensar que alterei a foto de perfil por causa dele, mas verdadeiramente, não, foi por causa de outro bem melhor que ele.
Se soubesses o que perdeste... Só tens um nome, Burro!

Como é que um homem de 47 anos não sabe o que uma mulher quer??

18/10/17

17/10/17

Entretanto já enviei pedido de amizade ao outro. O que me espera...

Não tenho paciência.

O meu coração até acelera quando tento falar com ele. Que significa isto?

Já não tenho muita paciência para andar a procurar entender mal entendidos, para ter que andar a fazer entender às pessoas que estão erradas. Falta-me energia... Porque não simplificar as coisas?
Mas a verdade é que os "fáceis" não me dão pica.
Mas se quero, lá tenho que ir... Enfim...

14/10/17

Já é do conhecimento dos que me lêm que eu não consigo jogar numa só equipa... e cada vez sinto que é o melhor que faço.
Um está longe. O outro, que fode que é uma loucura, é um parvo. O outro, é um complicado.
Dar uma boa foda, conversar, haver aquela química, aquela adrenalina... Coisas tão boas, mas tão boas, para quê desperdiçar, ou porquê desperdiçar?
Qualquer dia envio pedido de amizade ao outro, depois logo se vê.

Porque é tão difícil entendermo-nos nas relações extraconjugais?

À medida que te vou conhecendo, vou gostando mais de ti.

12/10/17

Há coisas que não entendo.
Vou estar com um homem, tão bonito, tão charmoso, e uma pessoa, que pelo que tenho estado a conhecer, incrível.
Mas que fica timido. Que está com uma mulher há vinte anos e que a traiu há já muito tempo. Depois penso que não houve mais ninguém. Será isto verdade?
Custa-me a acreditar, mas eu sinto-o timido. Inseguro.
E eu vou ter que me fazer de inocente. Ter muita calma. Controlar este tesão todo...

Acho que vou começar a virar me para as mulheres.

11/10/17

Continuo na esperança ou arrisco ser ignorada (ou não), a ouvir o que não vou gostar, ou quem sabe algo bom?

10/10/17

Volta a vontade, a tentação de fazer o que, quase com toda a certeza, me vou arrepender.

Numa altura destas, já não me apetece ser professora de ninguém.
Voltamos ao mesmo?

07/10/17

Acho que fui recompensada, só falta ver a outra parte.

04/10/17

Quer-me parecer que vou mandar mais um passear, também, está bom tempo.

03/10/17

Apetecia-me dizer-te, deixa-a, vamos viver os dois. Eu vou para ao pé de ti.

02/10/17

Ou são difíceis demais ou faceis demais.

28/09/17

Será que vou acabar por perder o interesse?
E tu continuas no meu pensamento.
As pessoas difíceis, com feitios difíceis, as que têm menos valor, são as que me despertam mais interesse. Infelizmente.

22/09/17

Quando se mete conversa com um solteiro a coisa nem pica dá, quando se mete conversa com um casado, não larga.

20/09/17

Esta gaja boa tem tantos ciúmes de mim, mal ela sabe que eu gostava era de a ter a ela e não ele. Burra!

15/09/17

Tem dias, que eu acho que a maior parte dos homens sente o tesão de mulher que eu sou, mesmo sem andar com decotes ou altas mini-saias.
Tem dias, que eu acho que grande parte dos homens pensa "que foda te dava".
Tem dias, que me sinto das mulheres mais sexys e mais poderosas, à face da terra.
Agora vou coça-la a pensar naquele cão, que me pede para lhe agarrar nas nádegas para ter o cú aberto.

14/09/17

Agarra-me as nádegas que adoro sentir o cú aberto.

13/09/17

Hoje descobri que aquilo que nos une, é amor.
Eu diria que o teu abraço quase ocupa o lugar do de outra pessoa em mim.
Afinal tudo o resto não passa de meras ilusões.

12/09/17

Tenho a certeza que amanhã por esta hora estarei diferente... vais me fazer bem, tenho a certeza.

04/09/17

Quando tomamos uma decisão e não podemos voltar... Aprendi que muitas vezes me precipito... Agora não posso voltar atrás. E custa, todos os dias custa, ter fechado uma porta.

31/08/17

Sempre que posso coço-a a pensar nele... Terá-me feito algum feitiço?

30/08/17

Que tanto que me apetece aquele ordinário...

28/08/17

Se souberes dar sexo, carinho e atenção, tens a mulher conquistada.

Tantas vezes me ponho lá de cima a apreciar-te, és bonito... e tu só hoje em outro lugar te puses-te a olhar para mim. Acorda rapaz!

Muitas vezes tudo não passa de um capricho, sei-lo tão bem.
Por vezes sabemos perfeitamente que algo não vai dar certo, mas precisamos senti-lo. É preciso sentir para desistir, para deixar ir.

27/08/17

Porque é que tenho o bom e só me apetece o que não presta?

24/08/17

Quando chega o dia em que tu vais ser insignificante para mim?
Eu tenho o pressentimento, que eu também não sou insignifante para ti.

Finalmente a coisa começa a acalmar... a ver as coisas como elas são.

19/08/17

Ter uma relação com alguém que está tão longe de nós há cinco anos. Como não havemos de nos conhecer tão bem...

18/08/17

Há tanta coisa que é apenas uma criação nossa.

17/08/17

Adorava, mas adorava mesmo, ir a um bar swing.

15/08/17

Afinal vendo bem a coisa era mulher para ter os três homens, cada um com as suas qualidades.

Cocei a cona de tão encharcada que a tinha, estava aqui a desejar aquele homem. Ainda, é verdade, ainda.
Relembrei aquelas mãos que sabiam exatamente como me apalpar, sabiam exatamente como me agarrar nas  mamas, como me agarrar nas nadegas, como me agarrar pela cintura.
Relembrei aqueles beijos ardentes e aquela barba a picar-me pelo corpo todo, aquela barba entre as minhas unhas.
E vim-me a imaginar ele a abrir as pernas para que lhe lambesse o cu, a forma como se contorcia quando lhe lambia os colhões e ia com ao lingua ao cu. Aquele prazer, aquele tesão que ele me mostrava.
Juntando a foda, o sedutor que é, aqueles cabelos brancos, aquela pele morena, aquele olhar e o cabrão que é... Eis a fórmula mágica  para me deixar assim.
Restam-me apenas as memórias. Um grande FODA-SE!

14/08/17

Às vezes acho que aquele gajo tem uma paixoneta por mim...

Continuas a apetecer-me tanto... Que foda dava contigo...

13/08/17

Preciso estar contigo, preciso da serenidade do teu abraço, de conversar contigo, preciso do prazer que só tu me sabes dar.

12/08/17

Persegues-me... porquê?
Eu sei tão bem quem tu és. Explica-me.
Tenho esta mania de ter que entender tudo.

Porque é que as pessoas criam tantas "defesas" à volta delas?

11/08/17

Treinar no meio daqueles homens todos... (bons)

09/08/17

Até me falta o ar quando te vejo, foda-se!
Não sou nenhum boneco (até sou uma boneca) para que venham descarregar em mim. Não sou, não posso deixar que me façam isso.
Com o tempo esta obesessão vai passar. Se há coisa que me irrita nos outros é mendigarem atenção, mendigarem amor.

08/08/17

Era uma vez...
Em setembro quero duas pirocas, a tua e a do Pascal.

Ando com uma fome...

07/08/17

Ou é impressão minha ou o meu silêncio já está a dar resultado. Há-de implorar-me para foder comigo.

Quando temos a estranha sensação que conhecemos alguém...

Faço um esforço para me "desligar" daquele homem.
Apetece-me tanto aquele homem, só de imaginar e relembrar fico molhada.
Depois saber que ele está disponível, que está mesmo aqui ao lado, é uma tentação.
Mas eu, sou tão mais eu para andar "atrás" de um homem.

04/08/17

Quando vejo aquelas fotos daqueles dois... dá me uma raiva.
Sempre a publicar... se ela soubesse metade.

Existe uma diferença entre dar um foda com um gajo porque ele é bom que se farta, e dar uma foda com alguém, que para além de conhecer melhor do que ninguém o nosso tesão, nos toca a alma com um abraço.

03/08/17

O outro perguntou-me se tinha estado com o barbas, disse-lhe que sim... está que não pode. Temos pena. Sei que basta eu querer e ele também quer, não me preocupa.

Está para me vir o periodo, geralmente nesta altura ando sempre mais acesa, mas agora... Só me dá vontade de lhe dizer "vamos outra vez, ando aqui que não posso". Mas ele faz muito jogo psicológico, mantém-se caladinho, não me diz nada, apenas publica umas coisas no facebook que eu percebo.
É mesmo daqueles que parece que me fez um feitiço, que tesão para que me agarre com aquela força, que me beije e pique toda com aquela barba. E aquelas mãos... além de lindas, a forma como me apalpa.
É o homem mais charmoso que eu já vi.

Que vontade de ir lá outra vez. Mas que vontade.

02/08/17

Este vai ser um jogo difícil de jogar... mas no fundo são estes os que gosto mais.

Em contra partida é muito complicado, é ranhoso (ele próprio já o admitiu), é difícil de compreender. Vou tentando entende-lo pelo que publica no facebook. Acho que se deve sentir um bocado só, carente, e ao mesmo tempo é muito racional.
Isto precisa acalmar.

Tenho aprendido a não criar grandes expetativas, e com este foi igual. Até me passou pela cabeça que aquilo não se lhe ia levantar (gato escaldado...)
Demorei a dar com a casa dele e estava mais nervosa que alguém me visse, do que própriamente com o encontro.
Quando entro oiço kizomba (pergunto-me se será que ele não sabia já pelo facebook que eu gostava de kizomba), aparece-me aquele homem lindo, com aquele olhar, aqueles cabelos brancos...
Fiquei nervosa, ofereceu-me de beber, falámos sobre o mapa, quando me agarra contra o corpo dele. Sinto-o de pau feito (só de olhar para mim??).
Era tudo aquilo que eu gosto num homem. Agarra-me com força, beija-me com um tesão, como se eu fosse uma boneca.
Eu a imaginar, vai se vir logo, mas não esmerou-se mesmo.
Colocou preservativo (apesar de me tirar tesão, gostei).
Começo-lhe a lamber os colhões, que eu adoro, quando o sacana me começa a abrir as pernas e a pôr-se a jeito para lhe lamber o cú e a gemer.
Há coisas... Essa deve ser das coisas que mais tesão me dá. Saltei para cima dele e enfio o caralho no cú de tão aflita que estava, soube-me pela vida e deixei-o doido, só dizia que se ia vir, até que nuns berros bem altos se veio.
Fomos tomar banho, falámos e tive que me vir embora.

01/08/17

O gajo é bom bom bom até dizer chega.

Hoje já vou ver como o gajo bom se comporta.
Vou para a casa dele. Já lhe perguntei se era a casa das fodas, deu-me a morada com mapa.

31/07/17

Afinal o gajo bom anda tão mortinho como eu.

Ai que me vou arrepender...

Será que fica muito oferecido da minha parte voltar a meter conversa, perguntar quando podemos ir dar uma foda?
É que esta ideia não me abandona, o problema é se o homem vai sair outra vez.

Lá anda ele mesmo ali, aquela luz verde...
Vou ter que o violar.

30/07/17

Se antes estava mal, agora está muito pior.
Que boneco é este que vive ao meu lado? Que pessoa é esta que aceita tudo que lhe fazem, que perdoa toda gente, que entende toda a gente?
Que não fala, que não se queixa, que jamais dá um murro na mesa?
É difícil viver com alguém assim, mesmo muito difícil.

27/07/17

Vai passar, tudo se vai resolver, e tudo vai passar.

26/07/17

Apetece-me aquele gajo. Volta esta cena.

22/07/17

Já tentei criar outros blogs (até os tenho) mas este é tão meu, é onde sou eu mesma, onde escrevo aquilo que me apetece, o lugar onde consigo desabafar.
E esta sou eu, uma mulher com defeitos, às vezes complicada, que acredita em Deus, que reza, que tem fé, que passa a ferro, que cozinha, que sofre de insónias, preguiçosa, carente, muito muito carente.
E ao mesmo tempo que adorava poder aproveitar mais o sexo, muito mas muito mais.
Poder ir por aí fora ter com aquele homem que eu tanto gosto, abraça-lo, beija-lo e fodermod como dois loucos, vir-me até as entranhas não aguentarem mais.
Poder ir ter com o outro, aquele lindo até dizer chega, de vestido sem cuecas e dar-lhe a cona cheia de tesão. Pedir-lhe que me foda o cú. Faze-lo vi-lo na minha boca e contar-lhe o quanto a minha mente é porca.
E depois ainda há o bonequinho do ginásio que voltou a aparecer e está bem mais bonito, mais moreno, sem gel no cabelo. E experimentar, para ver como é um menino assim novinho, bonito, gato que tal como eu não se deve cansar.
E é melhor não contar mais nada se não...

21/07/17

Eu bem queria e gostava mas às vezes tem que ser assim. Tudo passa e  o que é importante está tudo bem, isso sim é o que interessa.

19/07/17

Acho que vou ter que por o homem a andar. Não tenho paciência. Parece que quer, mas depois já não pode que não vai estar cá, mas depois vem e mete conversa e já quer, mas depois vai de férias.
Serviu para ter aquele que mais gosto desesperado. Tenho mas é que aproveitar, vamos namorar.

Se há mulheres que têm falta de homens... eu é até dizer chega e com muito amor.

18/07/17

Como eu gosto deste homem...

"É que gosto de bater uma a coçar o cú" uma pessoa fica doida.

16/07/17

Gostava de entender o homem, a sério que gostava. Mas também imagino que deve estar ainda a passar por uma fase má da vida dele.
Às vezes parece que se faz de difícil, outras vezes parece que tem receio, depois se não lhe ligo, ele lá vem meter conversa. Mas pouco fala.
Tão perto de mim, passo todos os dias à porta dele e já há tanto tempo para tentar estar com ele.
Foi ele que me procurou, afinal que quer ele?
Já ando a ter paciência demais com ele.
É por isso que aquele que me dá o melhor abraço, é tão descomplicado, basta ligar lhe a dizer que me apetece foder. Nunca falha.
Mas eu ainda não consegui entender o porquê de eu ter cismado com ele de tal forma, é como se fosse uma competição. Talvez por ele estar aqui ao pé de mim, de ser divorciado que me desperta tanta curiosidade, de ser bonito que até doi.

Podemos estar tanto tempo sem nos vermos, mas o abraço, aquele sentir o teu corpo, sentir o teu calor, passar os dedos pelo teu cabelo, tudo isso é tão único. Sinto-me protegida, sinto aquela serenidade, sinto que és sempre meu. 
Dizeres-me do nada esse "gosto de ti", eu sei que sim.
És o homem, que talvez se tu quisesses, eu conseguiria ser só tua. Mas isso não passa de um sonho.

15/07/17

Cansada. Exausta. Preciso de silencio. Preciso de estar só. Parece que aqueles pesadelos estão a voltar, mas de forma ainda mais consciente, mais racional.
Às vezes parece que unica coisa que tenho é este blog.
Preciso estar só, apenas isso.

14/07/17

Eu acho que até vai fazer lume.

13/07/17

Quando a gente não cuida, o tempo passa, e o sentimento vai-se.

12/07/17

Desejo aquele homem.

Há aquelas pessoas que gostam de saber tudo de nós, mas não é com o objectivo de nos ajudar, mas sim de mais tarde usar  isso. Há pessoas em quem não confio, mesmo.

Não dormi tudo, por isso hoje apetece-me queixar-me.
Queixar-me de quem me rodeia que não tem tomates para me confrontar, queixar-me de quem me aparece pela frente.
Amanhã estarei melhor.

11/07/17

Ou vai ou racha.

Metade de mim quer, não tem sossego, mas outra metade diz-me que me vou meter numa com más consequencias. Que faço?

Gosto de estar no ginásio no meio daqueles homens todos transpirados a gemer, dá-me um tesão.

08/07/17

Vendo bem a coisa, todos me querem a cona.

06/07/17

Aquelas duvidas voltaram...
Houve tempos de pesadelo, mas hoje em dia, o pesadelo foi transformado, está pior, foi agravado. Sendo assim as duvidas estão ainda mais dolorosas.
Não entendo nada de nada. Com esta idade, e é nada!!!

Como o saber que um homem é divorciado pode fazer mudar tanta coisa. Como esse homem pode perder o interesse.

Será que o gajo é divorciado??? Medo!

05/07/17

Devia trazer escrito na testa "Atenção mulher com TPM"

04/07/17

29/06/17

Que vontade de meter conversa...

27/06/17

Apetece-me algo. Apetece-me sair da rotina, sentir-me viva. E aquele gajo giro, além se ser um homem charmoso, mas mesmo charmoso, e além de ser um bocado parvo e arrogante, dá-me luta, e eu tenho um fraquinho por isso.

Não sei que se anda a passar mas eu ando a atrair muito homem... agora um massagista. De rir.

Às vezes acho que esta parola de primeira acha que eu lhe queria o careca...
E eu penso para mim, cambada de ignorantes e pobres de espírito, eu sou muito mais, mas tanto mais que tanta gente. Tenho amor próprio, tenho força interior, e nada nem ninguém (há exceções) é mais importante para mim do que eu própria. É muito orgulho.

Como é que um homem consegue andar a levar tão bem duas mulheres...

25/06/17

Isto tudo fez me pensar, ou melhor, sentir que tenho saudades.
Qual gajo bonito, qual treta, eu sinto é saudades de te ver, saudades de sentir o teu calor, sentir o teu corpo, saudades do teu abraço. Bastava apenas isso e passado este tempo todo sem te ver, apenas isso e eu me tornava num vulcão.
Estarei carente? Talvez.
Mas não vale a pena colocar lenha num fogo que não tem futuro, que é impossível.

Mas sim, o gajo bonito é apenas uma diversão. Eu queria-te era ti por completo e apenas para mim.
Vou descer à terra...


24/06/17

Aquele gajo é giro, ou melhor, charmoso que se farta, ou giro e charmoso, tanto faz. E está mesmo pertinho de mim. E anda cheio de fome.
Mal ele sabe, que enquanto ele papagaiava, eu o apreciava.

23/06/17

Pessoas complicadas não é muito a minha onda. Não tenho paciência.

21/06/17

Se o outro soubesse que tenho uma amiga que anda mortinha...

18/06/17

Ocasionalmente vi um homem, que por acaso é lindo, lindo, lindo. Já o conhecia quase só de vista e sei que ele não me conhecia.
Ora quando se vê um homem bonito, lógico que gosto de apreciar, passado uma semana tinha o convite dele no facebook.
Pergunto-me como me encontrou, se não sabia o meu nome, a minha foto de perfil não dá para me identificar??
É charmoso, mas já deu para ver que é o género de homem mais do que oferecido, que deve usar como desculpa que o casamento está mal, mas que depois é do tipo "boneco mandado".
Se eu não soubesses já tanto...

02/06/17

Há homens mesmo burros, não sabem mesmo lidar com as mulheres.

19/05/17

Penso tantas vezes (e sinto) que os homens nos reduzem a sexo. Eu sou tão mais complexa.

06/05/17

Aquele bonequinho a fazer 200 abdominais ao meu lado... e eu toda transpirada, toda descabelada e a gemer.

Se fodesse mais andava bem mais feliz. Apetece aquele cão vadio, só ele me sabe dar prazer como ninguém.

05/05/17

21/04/17

Vir-me mostrar um anel e dizer que foi um presente que recebeu...
Tenho que escrever estes episódios desta novela, isto tem que ser memorável.

Dizer que tem que ir ao hospital, levada pelo patrão porque cortou o olho com uma folha de papel... já vi desculpas melhores para ir dar uma foda.

20/04/17

Não entendo os lobos em pele de cordeiro...
Um dia é, no outro dia fogem, depois voltam... Enfim.

Há dias que me sinto cansada de aturar as pessoas.

19/04/17

Um dia quando vires o que anda a acontecer à tua volta...

13/04/17

Outra vez aquele bonequinho... e por cima vai-me ajudar a arrumar os pesos, vai me ajudar a chegar a alguma máquina... Que se passa? Um cavalheiro?
Desconcentra-me. Acredito que devemos estar os dois em muito boa forma, o que isso não dava...

11/04/17

Tenho tanta dificuldade em entender as pessoas que se humilham tanto pelo amor. Que não têm amor próprio, que imploram pelo amor do outro.
Serei eu que me estou a tornar uma pessoa tão fria?

Ando carente. Eu sou uma mulher carente (deve ser por isso que gosto tanto de sexo).

Ver aquele bonequinho a fazer agachamento... tão bonito. Só é pena que estava muito vestido. Consolava-me ficar a observá-lo.

O careca vem de peito feito... a menina devia ter tido muitos orgasmos.

10/04/17

Não é que fez anos e eu nada...esta foi grave.

Este careca investe muito (cá para mim de várias formas) nesta "coisa" que tem com a sua funcionária, ela está de férias e ele hoje foi para uma formação, muita coincidência. A mulher é que é mesmo ceguinha. Mesmi à frente dela.
Cheguei a uma fase da minha vida que já não quero assim algo parecido para mim. Estar bem no meu casamento tornou-se o mais importante. Fazer feliz o meu marido. Esta fase dos quarenta anos, trouxe-me outra forma de ser.

07/04/17

Há gente tão burrinha.

Tenho saudades ou sinto a tua falta, mas isto é efeito das hormonas.

05/04/17

Quando alguém se queixa, penso sempre se tu soubesses os meus problemas, se tu soubesses os meus medos...
Mas tenho aprendido a acreditar, a ter fé, a tentar pensar que tudo vai correr bem.

03/04/17

Desbloquei-o, aí está ele.

01/04/17

Anda para aqui muita dor de cotovelo... Não é fácil.

Parece que cada vez estou com mais mau feitio.
Quanto tempo mais vou conseguir manter-me afastada do outro, bloquei-o porque se não vai vir com falinhas mansas, ou melhor, falinhas de político, tem mesmo jeito.

O que "aquilo não se lhe levanta" foi-se. Até gostava do moço, ele há coisas.... É bonito que se farta, tem uns olhos bonitos, uma boca que dá mesmo vontade de beijar e quando me põe as mão em cima... minha nossa, apetece-me aquele homem. Depois ele dá-me curiosidade em conhece-lo, em entende-lo. É rebelde e ao mesmo tempo meigo, carente, até carente demais para o meu gosto, o que pode tornar-se um problema porque se calhar não sabe onde está o limite.
Não sei é se posso confiar muito nele, não sei. E vou andar com alguém que aquilo não se lhe levanta?

Ora lá está, problemas que o outro não me dá. Fode-me bem, satisfaz-me e não me dá problema nenhum.
É que andar assim sem sal nesta vida não é fácil e não é para mim. Mas depois vem com aquelas falinhas mansas, com a graxa de sempre, a dar a volta à conversa, com os abraços, com o "fazes me falta" e isso, sinceramente, já me cansa. Cansa-me a forma interesseira de ele ser. Cansa-me aquele ter que ir embora a fugir, aquelas desculpas que tem sempre.  Falta-me paciência.

31/03/17

Preciso respirar fundo... Como é que um homem consegue exigir tanto de mim.
Por um lado pelo que tem, que tenho que ser a pessoa mais forte, estar atenta, e conseguir ser otimista, sempre todos os segundos da minha, vida acreditar. Manter-me aqui  como uma guerreira, sozinha, nunca ir abaixo.
Por outro lado, saber lidar contigo, com essa tua insegurança (eu até entendo isso), saber lidar com teus comportamentos de controlador inconsciente. Saber lidar com eesa tua forma de gostar de mim, que eu acho que é quase obsessiva, que me asfixia, que me prende. É como se fosse uma criancinha pequenina, que depende de mim, carente de mim. Que está sempre a necessitar de provas do meu afecto. Que está sempre a necessitar que eu cuide dela.

Eu sei que eu não sou mais do que ninguém, mas às vezes parece que eu consigo ver tanta coisa, entender tantos comportamentos dos outros que eles próprios não conseguem ver. E neste caso, eu procuro tanta força dentro de mim, eu procuro tanta coisa, tanta, para conseguir estar aqui para ti, para te ajudar em tudo, para cuidar de ti, para te conseguir fazer feliz, mas mesmo assim exiges muito muito mais de mim.
A minha vida resume -se a ti. Toda a minha vida gira à tua volta.

Foi apenas um desabafo de alguém que está em plena tpm. Depois tudo se torna mais fácil.

27/03/17

Irritada com tudo. Irritada com o marido que tenho que parece que depende de mim como uma criança. tem medo que lhe fuja, para ele eu estar de férias é um pesadelo, ando à solta. Faz de tudo para me poder ter debaixo de olho. Até se calhar aqui o pc tem sobre escuta. Nem consigo aqui escrever.
Se lês isto, desde já te digo, quanto mais é assim, "coneirinhas" pior. Eu só não vou foder, se não me apetecer, mas quanto mais tu és assim "dependente" de mim, mais me apetece ir.

Irritada, apetece-me dar uma boa foda, preciso dar uma boa foda e não há nada, mas absolutamente n da de jeito.
Não me apetece fazer nadinha, nadinha.
E é isto.
























Ver dois paneleiros a foder, um a levar no cu é o outro a punhetar... esta sou eu, gosto de sexo não interessa como.

24/03/17

Pergunto-me tantas vezes se será que vale a pena gastar o meu precioso tempo com algumas pessoas, a conhecer novas pessoas? (Tempo e dinheiro)

Homens que parecem ainda meninos, não é para mim.
Homens que quando os vamos conhecendo, descobrimos que não batem bem da cabecinha, também não é para mim.
A idade torna-nos tão difíceis, tão exigentes, que muitas vezes o não ter nada é a melhor solução.

22/03/17

21/03/17

Por vezes penso em afastar-me de ti... já tantas vezes. Para mim tu és muito mais que uma boa foda (a melhor). És alguém por quem eu tenho um enorme carinho, com quem eu me preocupo, e tanta coisa mais.
O problema é que eu queria ser para ti tal como tu és para mim.
Será que estou errada?
Em certa parte estou, eu sei que sim. Quero demais.

19/03/17

Apetece-me um homem que sofre de impotência. Só eu...

15/03/17

Agora anda que nem um cãozinho atrás de mim... precisa de sexo. E a mim apetece me ignora-lo.
Os homens são todos iguais.

20/02/17

Sempre este medo que me tira o chão. 
Tanto medo, tanto sofrimento... E... Não consigo mais, eu tento e não consigo. 

11/02/17

Parece que anda para aqui muita gente com azia 🙊

07/02/17

Porque é que um homem sente tão bem quando uma mulher anda a perder o interesse? 
Os homens são mesmo patecidos com os cães, farejam.
Apetece-me mandar-te à merda, e acho que desconfias disso.

03/02/17

Ambos me dizem que andam com vontade de mim, e eu ando a precisar de algo que me faça esquecer todos os problemas, viver apenas aquele momento. Preciso mesmo.
Mais um dia sem paciência para ninguém, principalmente para esta que anda com a cabeça enfeitada. 
Tenho que me controlar.

26/01/17

Isto aqui anda tão paradinho, queriam saber das minhas fodas... Eu sei. 

13/01/17

Faz-me falta uma boa foda, se não ando deprimida.

02/01/17

Sinto-me tão cansada de ter que ser forte, de quereres que seja perfeita, de quereres que seja como tu queres. Não sou, sou uma mulher normal, que altera com a tpm, que é fraca, que fica mal humorada porque não consigo estar sempre feliz e a sorrir. 
Vontade de poder sentir me livre.